segunda-feira, fevereiro 06, 2012


É um adeus (...)

8

Eu sei que em momento algum você vai ler isto, sei que você não deve imaginar que eu ainda me lembro de você, nem deve ter sentido a minha falta e muito menoster lembrado que um dia eu já signifiquei algo para ti. Mas mesmo assim eu estou aqui escrevendo sobre você, eu, nós, e só um pensamento está se passando pela minha cabeça; é um adeus, entende? Eu não quero me lembrar do que eu fui quando estava com você e não quero ser mais o que eu me tornei depois, dói, você conheceu o melhor de mim assim como levou embora. O que eu fui não existe mais, o que eu poderia ser se você não tivesse passado pela minha vida me faz falta.
Eu era verdadeiramente feliz antes de você, eu sorria pra mim mesma e estava pouco me importando para o que os outros achavam. Eu costumava acreditar em conto de fadas, mas não daqueles clichês com finais felizes - eu nunca quis que tivesse fim -, eu acreditava em “eu te amo” verdadeiros e sempre que via casais sorrindo eu conseguia ver a felicidade. Eu podia acreditar em coisas que não existiam, mas felicidade é isso, não é? Às vezes você precisa se agarrar a algo que não existe, a alguém que não está ao seu lado, a uma história que não é sua.
Mas você levou embora  Levou embora o que eu acreditava ser a felicidade. Eu me tornei uma máscara, sabe? Eu demonstro estar feliz, eu pareço ser forte, eu digo não me importarmas o que são palavras, sorrisos, se por dentro eu continuo destruída? Tanto tempo passou, tantas pessoas já chegaram e foram embora, tantas coisas mudaram… eu mudei; eu me tornei uma garota frágil, mesmo que eu não demonstre isso, eu tenho medo de sentir, medo de que tudo se repita, medo de que os outros façam o mesmo que você fez. Mas, ainda sim eu deixo outras histórias acontecerem, encontro outros olhares, sorrisos, carinhos, outros beijos, vozes, outras pessoas e o único problema é que nenhuma delas me completa, nenhuma delas é você.
É o tipo de sentimento masoquista que insiste em permanecer, acabando com tudo de bom que ainda restaNão abandonar o passado, não conseguir aproveitar o presente, não ter perspectiva sobre o futuro por ter medo de tudo aquilo que é planejado, de tudo aquilo que de uma hora pra outra pode acabar, de tudo ser levado embora e eu ficar de mãos vazias, sem ter a quem recorrer. Não quero que você entenda - nem eu mesma consigo entender - e também não quero que você volte porque você é justamente daquele tipo que chega se torna importante e logo depois se afasta, vai embora.
É um adeus… É minha vontade de esquecer você, vontade de voltar a ser minha e ter meu coração inteiro novamente. É a necessidade de aceitar que somos eu e você e não nós, a busca por uma felicidade nova, real, sorrisos verdadeiros, olhares sinceros,três palavras ditas com atitudes. É a busca por aquilo que pode me completar… Amor - próprio, pra alguém, por mim -. É um adeus… para que você finalmente possa ir, deixar de ser meu e me ter por não estar aqui. Para palavras não ditas, olhares e bocas não conectadas, sentimentos masoquistas, felicidade inventada, sorrisos forçados, vazio que sufoca. É nosso adeus, amor… Eu também desisti.

8 comentários:

' Cris. disse... [Responder Comentário]

Ai que lindo, para ser sincera se eu não tivesse lido eu me matava HAUEHAUH super lindo mas esta um pouco grandinho, você expressou super bem o sentimento de um amor que acabou. Nossa flor o layout esta incrível, parabéns e sucesso.
http://semrel.blogspot.com/

Ila Ruana disse... [Responder Comentário]

você escreve bem ! ficou super legal!

ruamor.blogspot.com

Esvazie-se disse... [Responder Comentário]

Cris: Esse foi um dos meus textos mais longos e mais sinceros, é um dos meus preferidos. E fico feliz que você tenha lido e gostado. Obrigada, de verdade.

Ila Ruana: Tem coisas que eu escrevo e, depois de um tempo, quando vou ler me pergunto se fui eu mesma. O que eu quero dizer é que quando você transmite sinceridade em suas palavras, não tem erro, sempre fica bom. Obrigada, viu?!

Antonia C. Sundrani disse... [Responder Comentário]

Você escreve muito bem! Amei esse texto!
Parabéns pelo blog, está lindo! #seguindo
Beijos ;*

Ann;
Vinte & Poucos

Anna Victória disse... [Responder Comentário]

Parabéns, você escreve muito bem! Seu blog e seu layout são lindos! Beijos!

http://space4girl.blogspot.com/

Esvazie-se disse... [Responder Comentário]

@Anna Victória Obrigada, Anna. Espero melhorar cada vez mais e deixar o IC com a minha cara. Beijos.

Gabriela Castanhari disse... [Responder Comentário]

Adorei o texto amor *-* Parabéns, ficou muito legal, beijos s2

ModeraçãoWorldDaJuh disse... [Responder Comentário]
Este comentário foi removido pelo autor.

Postar um comentário